domingo, 24 de fevereiro de 2013

Ajudente de pedreiro de 29 anos foi flagrado nu na cama do garoto


TV's LCD, Home Theater, Celulares, Som Portátil

Homem é preso em flagrante tentando abusar de criança de nove anos na Serra
O pedreiro de 29 anos invadiu a casa da família do garoto e tentou abusar da criança, mas a vítima conseguiu escapar

Imagem meramente ilustrativa
O pai de um menino de nove anos deteve o ajudante de pedreiro Isac Nogueira da Silva, 29 anos, após o suspeito invadir a casa da família e tentar abusar da criança, na madrugada deste domingo, em um bairro da Serra. O suspeito invadiu o quarto do garotinho, mas a vítima conseguiu escapar e pedir ajuda no quarto dos pais.

Segundo a polícia, Isac invadiu a residência e entrou no quarto da criança. Ele quebrou a tranca do portão principal da casa, que é cercada por muros altos, e entrou pela cozinha. O pai da vítima, um músico de 41 anos, estava em um estúdio no quintal da casa e trabalhava no momento.

O primeiro quarto da moradia era do estudante, que dormia sozinho. “Ele veio para o meu quarto e disse ‘mamãe, tem um homem no meu quarto’ e contou o que ele tentou fazer. Mas meu filho conseguiu escapar e veio para o meu quarto. Depois que vi que estava bem, fui até a porta para ver o que estava acontecendo e me deparei com um homem pelado. Corri para o quarto e me tranquei com meus filhos”, detalhou a mãe do garotinho, que já estava com a filha caçula no quarto.

A mulher passou a gritar pedidos de socorro para o marido. O músico entrou na casa e, em meio ao desespero, se armou de utensílios domésticos. Ele se deparou com o invasor deitado na cama do filho e avançou contra o suspeito. Isac e o músico entraram em luta corporal. A briga começou no quarto, mas, quando tentava escapar, o suspeito acabou sendo imobilizado pelo pai de família. Isac teve cortes na cabeça e na orelha, além de hematomas pelo corpo.

A Polícia Militar foi acionada e chegou em apenas 10 minutos. O detido foi levado para o Hospital Dório Silva e depois encaminhado para o Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de Serra, onde foi autuado em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável.

Glacieri Carraretto
Fonte: A Gazeta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se livre para deixar um comentário educado... O seu comentário poderá levar alguns minutos para ser exibido.