sábado, 25 de agosto de 2012

Abu Dhabi, o paraíso sob o sol de 50 graus


TV's LCD, Home Theater, Celulares, Som Portátil

O paraíso sob o sol de 50 graus

Abu Dhabi, o maior dos sete Emirados Árabes, começa também a ser considerada a cidade verde mais perfeita do mundo, mesmo estando em pleno deserto. Até parece miragem…

Os Emirados Árabes são conhecidos mundialmente pelas belezas que estão sendo construídas pelos homens. Locais cheios de belezas e que mostram a riqueza de um país em plena ascensão; o que era deserto, hoje abriga grandiosas construções que fazem com que os Emirados sejam o mais luxuoso ponto de turismo do mundo. Abu Dhabi, vizinho da famosa Dubai, é o maior de todos os sete emirados, com uma área de 67.340 quilômetros quadrados, equivalente a 86.7 % da área total do país, começando a ser considerada a cidade verde mais perfeita do mundo. Imagine um paraíso com água fresca, sombra, arquitetura futurista e turistas de sobra. Infraestrutura de lazer e atrações não vai faltar por lá, já que Abu Dhabi é o oitavo maior produtor de petróleo e tem investido milhões para ser o polo turístico da região.
Abu Dhabi é uma cidade que está em constante transformação. São projetos cada vez mais ousados, muitos dos quais podem até parecer irreais aos olhos de quem vê. Um projeto inovador é Masdar (fonte, em árabe), uma cidade que está sendo construída e que deve ficar pronta em 2016. Ela tem 6 quilômetros quadrados e toda a água usada na cidade será reaproveitada, não haverá emissão de carbono e a energia será solar e eólica. Ou seja, sustentabilidade e preservação são as palavras que mais rodeiam Abu Dhabi. Na verdade, Masdar está sendo feita para parecer a Orlando ecológica de lá.

A cidade de Abu Dhabi ainda é discreta em seu turismo, mas está se preparando para competir com Dubai. Só em 2012 estão previstas as inaugurações de vários museus, com o objetivo de atrair turistas que não estejam só interessados em “sombra e água fresca”. Epelo que se vê, Abu Dhabi chegará à condição de capital cultural da região.

Quem for visitar Abu Dhabi deve estar bem preparado, porque nada melhor do que uma boa caminhada para explorar tudo o que a cidade oferece. E não se preocupe com o calor, já que Abu Dhabi foi projetada para ser mais fresca que as cidades à sua volta. Todo o projeto dos prédios e das ruas foi feito para a brisa estar sempre presente, proporcionando um clima agradável.


O clima no verão é quente, chegando a quase 50ºC, mas praticamente todos os locais contam com ar condicionado, o que acaba por refrescar bastante e diminuir a sensação de calor. Tempestades de areia lá são frequentes, por isso, é sempre bom não se esquecer desse detalhe.

Um dos pontos a ser visitados em Abu Dhabi é o Cornish, com seus belos parques públicos, além de fontes espetaculares. É um verdadeiro marco na cidade. E só aqui você já pode perceber que, apesar de a cidade estar passando por uma reforma, conserva uma enorme riqueza.

Para os aficcionados em F1, a novidade é que provavelmente Abu Dhabi corre para ter o direito de encerrar o calendário da categoria por tempo indefinido. O Grande Prêmio de Abu Dhabi certamente irá dar uma maior notoriedade turística à cidade.

Em Abu Dhabi você poderá encontrar hotéis de luxo, mas prepare-se, pois lá comida e hospedagem não são nada baratas. Mas, claro, isso é uma questão de bolso e de opinião.


Ferrari World Abu Dhabi Theme Park

Se você é fã da Ferrari, então com certeza vai adorar o ”Ferrari World Abu Dhabi Theme Park” em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos. E, claro, pelas proporções, só podia ter sido construído lá mesmo. O Ferrari Park tem mais de 100 mil metros quadrados e capacidade para receber cerca de 10 mil pessoas. Completíssimo, o Ferrari Park fica próximo ao local onde se realiza o GP de Abu Dhabi, em Yas Island, e conta com toda a infraestrutura que abrange boutiques de luxo, lojas, hotéis e restaurantes, um verdadeiro paraíso para quem está disposto a gastar muito dinheiro.

Para os fãs da marca e de velocidade, este é o local ideal para desfrutar de muita emoção e de momentos de pura aventura. Ao todo são 15 atrações em que a velocidade e a emoção são os objetivos principais da diversão. Entre os destaques, está a montanha russa que chega a 100 km/h em apenas 2 segundos, e a uma velocidade final de mais de 200 km/h. Há também o G-Force, uma torre que lança os visitantes de uma altura de mais de 60 metros.

Mas as atrações não ficam por aí, tem ainda a Bell’Italia – um passeio por um cenário em miniatura dos mais belos locais da Itália, a Galleria Ferrari -, que apresenta a maior exposição de veículos Ferrari fora de Maranello, e a Scuderia Challenge – que tem simuladores de corrida iguais aos que a Scuderia Ferrari utiliza no treinamento de seus pilotos.

Estando em Abu Dhabi, difícil é não querer ir conhecer o “Ferrari World Abu Dhabi Theme Park”. Os preços dos bilhetes de acesso variam entre US$ 45 e US$ 150.

Fluxo de turistas cresce a cada ano

595 mil estrangeiros visitaram os Emirados Árabes durante o primeiro trimestre, sendo que a Grã-Bretanha foi quem mais turistas enviou para lá (37 mil). O crescimento geral somou 17% na comparação com 2011, segundo dados do Departamento de Turismo e Cultura de Abu Dhabi, informados pela Emirates News.
594.918 pessoas se hospedaram nos 130 hotéis e apart-hotéis do emirado entre janeiro e março deste ano. Houve aumento de 10% no número de room-nights, chegando a 1,725 milhão. O turismo doméstico também teve bom desempenho, com 212.597 hóspedes e 401.347 noites – expansão de 11% e 8%, respectivamente.

Já no caso de turistas do Conselho de Cooperação do Golfo (GCC), houve aumento de 57%. “A Arábia Saudita já é nossa quarta principal origem de turistas, com 22.107 sauditas no primeiro trimestre, o que representa expansão de 69% na comparação com 2011. Kuwait, Omã e Catar também apresentaram bom crescimento no número de hóspedes em Abu Dhabi. Nossos vizinhos do GCC, exceto o Bahrein, já figuram entre as 25 principais origens de turistas”, explicou o diretor geral do Departamento de Turismo e Cultura de Abu Dhabi, Mubarak Al Muhairi.

O número de hóspedes asiáticos aumentou 37%, motivado principalmente pelos turistas chineses, com 8.941 visitantes e expansão de 86%. O número de europeus cresceu 17%, devido principalmente aos turistas alemães (27.751 pessoas – aumento de 46%). A Índia ficou em segundo lugar, com 31.564 hóspedes e expansão de 15%.

A taxa de ocupação caiu 6% na comparação com 2011, ma isso é o resultado do aumento na oferta de leitos no emirado. O valor médio pago por quarto de hotel foi de 500 dirhans (US$ 136).

Curiosidades

Os Emirados Árabes Unidos, pequeno país de quase 5,6 milhões de habitantes, está dando o que falar, encantando milhões de visitantes do mundo todo.

O país se formou em 1971, pela junção de sete emirados – Dubai, Abu Dhabi, Sharjah, Ajman, Fujairah, Umm al-Quwain e Rãs al-Khaimah. O emirado de Abu Dhabi, além de ser a capital federal, é o que possui as maiores reservas de petróleo. Já Dubai, investiu no turismo e tornou-se o alavancador das transformações socioeconômicas que mudaram a face do país na última década. Somente agora Abu Dhabi está despertando para o turismo.

A convivência respeitosa entre as culturas do oriente e do ocidente é uma das características mais marcantes do país. Mesquitas, bazares, souqs, ouro, tecidos, especiarias, homens vestidos de roupas típicas e mulheres cobertas até os olhos, aliados a indianos, paquistaneses, afegãos, filipinos, europeus, australianos, africanos, brasileiros e muitas outras nacionalidades compõem hoje a paisagem pluricultural dos Emirados Árabes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se livre para deixar um comentário educado... O seu comentário poderá levar alguns minutos para ser exibido.