segunda-feira, 9 de julho de 2012

Após 80 dias internado, Pedro Leonardo recebe alta e deixa hospital


TV's LCD, Home Theater, Celulares, Som Portátil

O cantor Pedro Leonardo, 25, teve alta do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, na tarde desta segunda-feira, após ficar internado por 80 dias em decorrência de um acidente de carro.

O pai do cantor, o sertanejo Leonardo, agradeceu a Deus e a primeira pessoa que ligou para os bombeiros após o acidente sofrido por Pedro. "Meu coração não está nem batendo, está apanhando, foram dias de muita turbulência, mas a fé foi muito forte", completou o cantor, que disse que Pedro perdeu cerca de 40 kg no tempo em que ficou internado.

De cadeira de rodas, Pedro deixou o hospital por volta das 14h30. Com a voz baixa, ele agradeceu ao carinho dos fãs e disse apenas que "iria para casa". Seu pai disse que eles ficariam em uma casa em São paulo, mas ainda não sabia onde.

O médico Roberto Kalil Filho, que coordenou a equipe que atendeu Pedro, disse que ele está com a consciência plena, fala normal e, apesar da cadeira de rodas, já dá alguns passos. Ele disse que o cantor queria sair do hospital andando, mas os médicos recomendaram a cadeira.

Kalil disse ainda que a rápida recuperação do cantor foi surpreendente, e que nos próximos seis meses ele terá que continuar as sessões diárias de fisioterapia e fonoaudiologia.

"Nós acreditamos que com os meses ele vai retomar a vida normal", disse o médico, que elogiou os atendimentos recebidos pelo paciente antes dele chegar ao Sírio-Libanês.


O cantor Pedro Leonardo recebe alta do hospital Sírio Libanês

ACIDENTE

Pedro, que integra a dupla Pedro e Thiago, seu primo, bateu o carro em 20 de abril, após um show em Uberlândia (MG). Ele dirigia sozinho em direção à cidade de Goiânia, quando seu carro capotou. Nenhum outro veículo se envolveu na batida.

Após a batida, o cantor ficou em coma por um mês e precisou passar por uma cirurgia para corrigir uma fratura no fêmur e outra no abdômen. Ele ficou internado, inicialmente, no IOG (Instituto Ortopédico de Goiânia) e foi transferido para o Sírio-Libanês no dia 26 de abril.

Durante todo o tempo em que ficou internado, Pedro apresentou melhora, apesar de ter perdido muito peso. No último dia 29, ele completou 25 anos e ganhou uma festa de aniversário no quarto do hospital.

Durante a comemoração, ele ainda reencontrou a filha de um ano que não via desde o acidente.
FOLHA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se livre para deixar um comentário educado... O seu comentário poderá levar alguns minutos para ser exibido.