segunda-feira, 14 de maio de 2012

Suspeito de matar e cortar as orelhas das vítimas é preso em SP


TV's LCD, Home Theater, Celulares, Som Portátil

Um homem de 36 anos, suspeito de ter assassinado uma travesti e uma prostituta em Guarulhos (Grande São Paulo), foi preso no sábado (12) pela polícia. A PM diz que foi chamada pelo próprio suspeito, que ligou para denunciar que havia um pote com uma orelha e um bilhete em frente à sua casa.

No local, a polícia encontrou a orelha, o bilhete e uma peça de xadrez, e foi informada de que na casa da frente vivia um homem que tinha atitudes suspeitas.

Ao ser abordado, a PM diz que ele demonstrou nervosismo e, em seguida, acabou confessando os crimes. Em sua casa, foi apreendido o punhal que teria sido usado nos homicídios e diversas publicações sobre magia negra, psicopatia, serial killers e sobre o pintor Van Gogh (que cortou o pedaço de uma das orelhas).

Ele ainda entregou à polícia as roupas que teriam sido usadas nos assassinatos.

A travesti foi morta no dia 27 de abril e a prostituta, no dia 8 de maio. Os dois crimes ocorreram nas proximidades da avenida Otávio Braga de Mesquita, em Guarulhos, e as vítimas foram perfuradas várias vezes com um punhal.

À polícia, o suspeito teria dito que matou as vítimas porque viu nelas o rosto de sua mãe. No bilhete encontrado pela PM, o homem diz que iria matar outros vizinhos porque também via neles a figura da mãe --por quem ele sentia muita raiva.

O suspeito está preso no 1º Distrito Policial de Guarulhos. O caso será investigado pela divisão de homicídios.

FOLHA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se livre para deixar um comentário educado... O seu comentário poderá levar alguns minutos para ser exibido.