quinta-feira, 19 de abril de 2012

Escola demite professora que fazia 'jornada dupla' como atriz pornô


TV's LCD, Home Theater, Celulares, Som Portátil
Escola demite professora que fazia 'jornada dupla' como atriz pornô
Vídeo pornô circulou entre alunos de escola na Califórnia.
Stacie Halas, de 31 anos, tem 30 dias para recorrer da decisão.

A escola Richard B. Haydock, em Oxnard, no estado da Califórnia (EUA), demitiu na quarta-feira (19) a professora de ciência Stacie Halas, de 31 anos, que trabalha há mais de seis anos como atriz pornô, segundo reportagem da emissora de TV "KTLA".
Stacie Halas, de 31 anos, trabalha há seis anos como atriz pornô. (Foto: Reprodução)


Halas foi suspensa após um funcionário da escola descobrir que ela estava se apresentando no X-rated vídeos. No mundo pornô, Halas era conhecido como "Tiffany Six".

A professora tinha sido colocada em licença remunerada no mês passado depois que um filme pornográfico passou a circular entre os estudantes. A diretoria da escola se reuniu na quarta-feira e aprovou, por unanimidade, a saída de Stacie.

Ela tem 30 dias para recorrer da decisão.

De acordo com o produtor pornô Peter Romero, que descobriu Stacie, ela ganha cerca de US$ 10 mil por filme. A professora fez sua estreia em dezembro de 2005 em uma gravação ocorrida nos arredores de Los Angeles.
O vídeo que teria circulado entre os alunos é o que mostra a professora atuando no filme "Big Sausage Pizza".

Vídeo que teria circulado entre os alunos é o que mostra a professora atuando no filme 'Big Sausage Pizza'. (Foto: Reprodução)

Decisão: Richard B Haydock, uma escola secundária em Oxnard, Califórnia, onde um conselho escolar por unanimidade decidiu pela demissão da professora Stacie Halas, de 31 anos, que trabalha há mais de seis anos como atriz pornô

Do G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se livre para deixar um comentário educado... O seu comentário poderá levar alguns minutos para ser exibido.