sexta-feira, 20 de abril de 2012

Condenada, mulher diz que mordeu pênis do ex por acidente durante sexo ‘vigoroso’


TV's LCD, Home Theater, Celulares, Som Portátil

Condenada, britânica diz que mordeu pênis do ex por acidente durante sexo ‘vigoroso’
Sinead Walker e Vincent Foto: Reprodução / The Sun 


Uma mulher da cidade de Bath, na Inglaterra, foi condenada pela Justiça britânica por morder o pênis do ex-namorado. Sinead Walker, de 40 anos, bebeu uma garrafa de vinho sozinha, e foi até a casa de Vincent Rennoldson, 42 anos, querendo se desculpar por ter batido nele duas semanas antes, quando terminaram o relacionamento de 10 meses.

Em vez de pedir perdão, Sinead jogou o ex contra a parede, se ajoelhou, tirou a cueca dele, agarrou o órgão e tentou arrancá-lo na mão. Desesperado, o homem tentou ligar para a polícia e, enquanto discava, acabou levando uma mordida nas partes baixas.

- A dor foi excruciante. Havia muito sangue. Isso realmente me afetou. Poderia ter sido pior. Ela poderia ter mordido e arrancado. Pelo menos ainda funciona - disse Vincent, depois do julgamento.

O oficial que atendeu à ligação ouviu os gritos de Vincent, que ganhou com uma cicatriz com mais de 7 centímetros no pênis. Durante o julgamento, Sinead alegou que a mordida foi um acidente, durante um amor “vigoroso”. O juri não engoliu a desculpa, e condenou a moça.

A sentença de Sinead será anunciada em maio. Ela já está proibida pela justiça de se aproximar do ex-namorado.

Extra Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se livre para deixar um comentário educado... O seu comentário poderá levar alguns minutos para ser exibido.