segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Avião que jogava pétalas sobre o cemitério cai na hora do enterro do prefeito de Jardim (Mato Grosso do Sul)


TV's LCD, Home Theater, Celulares, Som Portátil
Um avião que jogava pétalas sobre o cemitério na hora do enterro do prefeito de Jardim (Mato Grosso do Sul), Eduardo Bazzo, caiu na tarde de ontem ferindo os três ocupantes da aeronave.

De acordo com a esposa do prefeito, Lizete Bazzo, o acidente foi uma fatalidade. "Eles fizeram uma homenagem e infelizmente aconteceu isso aí [a queda]. Não vi nada, só ouvi o barulho", disse.

O piloto Rogério Pinto da Silva está internado no Hospital de Campo Grande. Ele fraturou o braço e a perna e deverá passar por uma cirurgia nos próximos dias. O copiloto e a pessoa que jogava as pétalas também se machucaram, mas passam bem.

Ontem mesmo, ocorreu o enterro em Jardim (247 km de Campo Grande).

BLUMENAU

Um ultraleve caiu na manhã de hoje sobre uma casa em Blumenau (139 km de Florianópolis). Segundo o Corpo de Bombeiros, não houve feridos.

De acordo com o aeroporto de Blumenau, a aeronave --modelo Rans s-9 Chaos, na cor azul e branca-- decolou às 9h30. Cerca de dez minutos depois, caiu sobre a casa.

Três pessoas dormiam na casa na hora do acidente. Eles não se feriram, mas foram retiradas da residência porque havia risco de explosão. O ultraleve estava abastecido com 70 litros de combustível.

De acordo com relato do piloto ao Corpo de Bombeiros, a peça responsável por manter a altitude do aparelho se soltou e caiu. O piloto acionou o paraquedas e não se feriu.

O aeroporto de Blumenau informou que a aeronave estava com a documentação em dia. Peritos da Infraero foram ao local recolher material para as investigações.

Rogério Pinto da Silva, que pilotava a aeronave, sofreu fratura em um dos braços e escoriações leves. De acordo com o site Tribuna Popular News, ele é pai de Rogerinho, o garoto assassinado no ano passado em uma briga de trânsito em Campo Grande.

O co-piloto Rodrigo teve cortes no rosto e arranhões na perna, mas pode ter sofrido alguma fratura.

Ricardo Poli Marques Cabral, que jogava as pétalas, teve fratura no braço.
A aeronave voava a poucos metros do chão para jogar pétalas durante o cortejo e o piloto acabou perdendo o controle do avião, que caiu por volta das 16h30, destacou o Campo Grande News.

Rádio
No momento do acidente, o radialista Paulo Eduardo informou o jornalista Lile Corrêa da FM PAN de Aquidauana (MS) sobre o acidente, o radialista Edinho Corrêa lamentou o ocorrido ao vivo para um milhão de ouvintes da 100,9 durante o Programa Batidão Sertanejo. Foto Marcos Barros do Tribuna Popular.

Folha e agorabelavista.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se livre para deixar um comentário educado... O seu comentário poderá levar alguns minutos para ser exibido.