sexta-feira, 12 de junho de 2009

Acidentes aéreos no Brasil de 1976 a 2009


TV's LCD, Home Theater, Celulares, Som Portátil

AE

íCronologia de acidentes
aéreos nacionais (1976-2009):

Maio de 2009 – O jato particular King Air B350, do empresário Roger Wright, cai em Trancoso, sul da Bahia. Os dez adultos e as quatro crianças que estavam na aeronave - entre eles o empresário, a mulher, dois filhos, netos e outros parentes - morrem carbonizados.

Um Airbus 330 da TAM, com destino a São Paulo, sofre uma violenta turbulência ao iniciar o procedimento de descida. Dezesseis passageiros e cinco comissários de bordo ficam feridos.

Março de 2009 – Um avião de pequeno porte cai no estacionamento do shopping Pátio do Flamboyant, em Goiânia. Duas pessoas morrem: Kleber Barbosa da Silva, que havia roubado a aeronave e a conduzia no momento da queda, e sua filha de cinco anos, Penélope.

Fevereiro 2009 – Um avião Bandeirante da empresa Manaus Aerotáxi cai no rio Negro, no Amazonas, matando 24 pessoas. A aeronave partiu de Coari com destino a Manaus e transportava uma família para uma festa de aniversário. Quatro pessoas sobreviveram.

Novembro 2007 – Um jatinho Learjet-35A perde o controle após decolar do Campo de Marte, na zona norte de São Paulo, e cai de bico sobre casas da região, matando oito pessoas – os dois pilotos e seis moradores.

Julho de 2007 – No maior desastre aéreo da história do país, um Airbus A320 da TAM atravessa a pista do Aeroporto de Congonhas (São Paulo) sem conseguir frear. Após saltar sobre o platô no qual o aeroporto foi construído e passar por cima de uma avenida, a aeronave se espatifa contra um prédio que pertencia à mesma companhia. As 187 pessoas a bordo e outras doze que trabalhavam no edifício morrem no choque e no incêndio que se segue.

Abril de 2007 – Tempestade no céu da região de Boa Vista (Roraima) derruba um avião modelo tucano da Força Aérea Brasileira que participava de um treinamento de rotina. O piloto, que morreu no acidente, perdeu a visibilidade e chocou-se contra uma torre de telefonia.

Outubro de 2006 - Queda de um bimotor particular Sêneca PA-34 fabricado pela Piper Aircraft Co. causa a morte de ao menos 3 das 6 pessoas a bordo - três passageiros não foram localizados. O avião desapareceu dos radares 36 quilômetros ao norte de Vitória, no Espírito Santo.

Setembro de 2006 - Após colidir em pleno vôo com jato comercial Legacy, fabricado pela Embraer, um Boeing B737-800 da Gol Linhas Aéreas cai na Serra do Cachimbo, no Mato Grosso, matando todas as 154 pessoas que haviam embarcado em Manaus rumo a Brasília.

Março de 2006 - Queda de um bimotor da Team Transportes Aéreos numa área de difícil acesso em Rio Bonito, na Região dos Lagos, Rio de Janeiro, causa a morte de 19 pessoas.

Maio de 2004 - Avião Embraer 120 Brasília da Rico Linhas Aéreas cai durante os preparativos para aterrissagem no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus, matando 33 pessoas.

Janeiro de 2004 - Na segunda tentativa de aterrissagem, sob condições climáticas desfavoráveis, avião McDonnell Douglas MD-11 da Varig ultrapassa limite da pista de pouso em Natal, no Rio Grande do Norte. Ninguém ficou ferido.

Outubro de 2003 - Colisão de um avião Maule M-7-235 contra a Serra do Mar, na região de Guaratuba, no Paraná, causa a morte de todos os 4 ocupantes.

Agosto de 2003 - Queda de um avião BEM-721 D (Sertanejo), de pequeno porte, em Cáceres, Mato Grosso, causa a morte de todas as 4 pessoas a bordo.

Junho de 2003 - Queda de um avião EMB-721 C (Sertanejo), de pequeno porte, mata seis pessoas em Aurora, a cerca de 300 quilômetros de Florianópolis.

Fevereiro de 2003 - Queda de um monomotor causa a morte de quatro pessoas em Tapiratiba, cidade localizada a 289 quilômetros ao norte de São Paulo.

Agosto de 2002 - Queda de um avião Embraer 120 Brasília da Rico Linhas Aéreas a apenas 1,5 quilômetros da pista de pouso do aeroporto de Rio Branco, no Acre, causou a morte de 23 das 31 pessoas que estavam a bordo.

Novembro de 2001 - Um avião Tucano T-27 da Força Aérea Brasileira faz pouso forçado numa avenida de Maceió, Alagoas, e atinge quatro casas. Os dois tripulantes morreram.

Setembro de 2001 - Um avião modelo C-130 Hércules da Força Aérea Brasileira bate contra a serra da Tiririca, na região de Niterói, Rio de Janeiro, e explode. Nove pessoas morreram no acidente.

Setembro de 2001 - Despressurização da cabine de um avião da TAM, que fez um pouso forçado no aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, causou a morte de uma passageira.

Dezembro de 2000 - Queda de um avião bimotor Turbo Commander sobre casas na zona sul de São Paulo mata 8 pessoas.

Junho de 2000 - A queda de um bimotor Sêneca no Pantanal, Mato Grosso do Sul, causa a morte de seis pessoas.

Abril de 2000 - Um bimotor Queen Air cai sobre três casas em Belo Horizonte, Minas Gerais, e mata três pessoas, todas no solo.

Novembro de 1999 - Um avião monomotor Cessna cai logo após decolar de Campinas, interior de São Paulo, matando cinco ocupantes.

Outubro de 1996 - Acidente com um Fokker-100 da TAM deixou 99 mortos no Jabaquara, zona sul de São Paulo.

Março de 1996 - O Learjet que levava o conjunto Mamonas Assassinas cai na Serra da Cantareira, em São Paulo, depois de tentar aterrissar no aeroporto de Cumbica, matando todas as 9 pessoas a bordo.

Novembro de 1995 - Um avião Cessna não consegue levantar vôo do Campo de Marte e cai sobre a avenida Santos Dumont, em São Paulo, matando os cinco passageiros e o piloto. Outros 3 ocupantes ficaram feridos.

Junho de 1990 - Um avião Fokker da Taba se choca contra uma árvore, perto de Altamira, no Pará, e cai, matando 23 pessoas.

Fevereiro de 1990 - Uma aeronave Fokker-27 da TAM que fazia a rota São Paulo-Araçatuba cai em Bauru, causando a morte de três pessoas.

Setembro de 1989 - Um Boeing B737-241 da Varig decola de Marabá, no Pará, erra a rota e faz um pouso forçado na selva Amazônica, matando 14 pessoas e ferindo outras 54. A aeronave só foi localizada dois dias após a queda.

Março de 1989 - Um avião Boeing B707 cargueiro da Transbrasil que fazia a rota Manaus-São Paulo cai numa favela no Jardim Ipanema, a menos de 3 quilômetros do Aeroporto de Cumbica, deixando 25 mortos e mais de 100 feridos.

Fevereiro de 1989 - Um Boeing B737-300 da Vasp bate na pista no Aeroporto de Cumbica, em São Paulo. Ninguém morreu ou se feriu no acidente.

Dezembro de 1987 - Um avião Hércules da Força Aérea Brasileira (FAB), cai no mar próximo a Fernando de Noronha, causando a morte de 29 pessoas.

Janeiro de 1986 - Um Boeing B737 da Vasp bate em barranco durante a decolagem no Aeroporto de Cumbica em São Paulo, matando um passageiro.

1984 - Um táxi-aéreo cai pouco depois de levantar vôo do Campo de Marte, atingindo três casas no bairro do Carandiru, em São Paulo, matando sete pessoas.

Junho de 1984 - Um avião Bandeirante da TAM cai em Macaé, no Estado do Rio, causando a morte de 18 pessoas.

Setembro de 1982 - Um Learjet da TAM recebe informações erradas na aterrissagem em Rio Branco, no Acre, e cai, matando 10 pessoas.

Junho de 1982 - Boeing 727-212 da Vasp se choca contra uma montanha da Serra de Aratanha, a 30 quilômetros de Fortaleza, causando a morte de todas as 137 pessoas a bordo.

Junho de 1982 - Queda de avião da companhia Taba, em Tabatinga, no Amazonas, causa a morte de 44 pessoas.

Abril de 1980 - Um Boeing 727-27C da Transbrasil cai durante os preparativos para aterrissagem em Florianópolis, causando a morte de 54 das 58 pessoas a bordo.

Fonte: Revista Veja

Um comentário:

  1. EU QUERO SABER SE VCS NAO TEM FOTOS DO ACIDENTE COM O AVIAO DA IMPRESA TABA NO AMAZONAS EM 82.

    ResponderExcluir

Sinta-se livre para deixar um comentário educado... O seu comentário poderá levar alguns minutos para ser exibido.